Menu

_

clean-5

Wisata [Criaturas]

Budaya [Mistérios]

Kuliner

Kerajaan

» » Thunder Hammer

Thunder Hammer, também chamado de Khundahamar (que significa O Libertador para os Dwarves), traduzido ao pé da letra do inglês, fica “Martelo do Trovão”. Essa mística arma desde os primórdios do Tibia desperta o interesse dos jogadores, apesar de hoje em dia, infelizmente, não ser tão difícil obter um – basta ter a sorte de conseguir um em algum boss (Orshabaal, Ferumbras, Morgaroth ou Ghazbaran). Contudo, essa “mancha” (na opinião dos mais extremistas tibianos que cultivam o “RPG way of life“) não acabou com o brilho desse club, que por muito tempo foi o mais poderoso de sua classe e um dia foi a arma mais forte do jogo, de uma mão.
(Atk: 49, Def: 35 +1).
It can only be wielded properly by players of level 85 or higher.
It weighs 125.00 oz.
It is blessed by the gods of Tibia.

Há uma lenda que é desconhecida por grande parte das pessoas: segundo ela, os Dwarfs, que eram prisioneiros dos Cyclops, faziam preces para os deuses para se libertarem da dura escravidão em que estavam submetidos. Com isso, obtiveram o Thunder Hammer, relíquia abençoada pelos céus. Detalhe para a descrição do club: “It is blessed by the gods of Tibia”. Juntamente com esse conto, há uma continuação, em que o Deus Thor teve seu martelo furtado enquanto dormia, e o mesmo foi jogado a 10 milhas abaixo da terra em algum lugar e que uma cobra está o guardando.

Thor é um deus de cabelos vermelhos e barba, representando a força da natureza (trovão) na Mitologia nórdica e também na Mitologia germânica, fazendo justamente seus raios com o seu martelo Mjolnir. Ele é o filho de Odin, o deus supremo de Asgard, e de Jord (Fjorgyn) a deusa de Midgard (a Terra).

Fonte: Wikipedia

Os jogadores antigos, em sua maioria, sabendo disso, tentaram sucessivas vezes desvendar o mistério que cercava (e ainda cerca) a enigmática cobra Basilisk, que sempre foi suspeita de estar envolvida em uma quest complexa, cuja recompensa final seria o Thunder Hammer. Contudo, até hoje, ninguém obteve êxito em solucionar a “charada”.
"Famosa fake na qual um jogador supostamente teria chegado à sala da cobra"
A única quest, de fato, que deu Thunder Hammer como prêmio (além dele, dava também uma Magic Plate Armor e uma Golden legs) foi a Demon Quest de Premia, um evento que ocorreu neste mundo devido ao seu lançamento. Siga uma curta narração de Karrchaos (Morak em Premia) de como foi este marcante acontecimento:

“Era 16 de Junho de 2002. Premia havia sido recentemente introduzida e a CipSoft havia recém criado a cidade de Darashia. Eu e alguns amigos, enquanto estávamos explorando a Mino Tower, recebemos uma mensagem vermelha (Nota: Gamemasters naquela época não possuíam ainda o poder de mandar mensagens vermelhas; apenas brancas). Ela informou-nos de que um terrível Demon havia nascido em nosso servidor, em algum lugar de Darashia. Para salvar o mundo teríamos que derrotá-lo (ou roubar seus itens mágicos). Doombringer era o mais forte do grupo (seu nível era em torno do 50), mas ele não quis ir. Nomak era o segundo mais poderoso e um bom amigo meu, mas devido ao seu trabalho na vida real, não pôde comparecer também. Lembro-me de alguns que foram à épica batalha: Akitra, Sinner, Ishy kubaba, Xyldrael, Ugraal, Rauko Gurth, Mega Phobia, Vicotnic, Gragner, Domsan, Sinth Ka’agar, Dalith, Kusutoko Yomuro, Dizzy IV, Galarian, Hihual, Vawaz.

Foi uma guerra difícil. Havia apenas dois mages em nossa equipe. O nível deles era na casa dos 30 e seus magic levels era entre 40 e 50. Tentamos algumas vezes, mas sem sucesso. Várias promessas para atrair jogadores em nossa causa (que infelizmente não foram cumpridas) foram feitas. Knightmare ficava nos observando, ansioso por um bom plano para conseguir driblar o desafio. E foi isso mesmo que fizemos (eu, no caso): alguns ficaram distraindo o Demon e as outras criaturas enquanto fui pegar a recompensa. E deu certo! 
"Morak com suas conquistas no depot de Darashia"
Não acreditava que havia conseguido pegar o Thunder Hammer. Depois de tanto sofrimento!
Afinal, não é todo dia que se obtém uma arma de 52 de ataques e 35 de defesa, né?
(Nota: naquele tempo, esses eram os atributos do martelo)

Contudo, essa minha conquista trouxe muitas infelicidades. Alguns amigos voltaram-se contra mim, exigindo dinheiro que pagassem o prejuízo de suas mortes. Infelizmente, tive que vender a arma. Em Antica recebi 1 Golden Helmet, 1 E-Plate, 2 Giant Swords, Steel Boots, 150k, 4 DSM, 4 K-armor, 3 K-legs, 3 Warrior Helmet, 1 P-amulet, 1 bh-shield, 1 FS, 26bp’s de Hmm e 2154 de Burst Arrows. E em Premia obtive “apenas” 50k e 10 bp’s de SD.”

Em 2007, o Thunder Hammer obtido por Morak e vendido posteriormente, como consta acima, podia ser encontrado em uma casa em Thais, juntamente com uma Silver Mace:
Em 2002, o jogador Warrax, de Antica, aproveitou-se de um bug e obteve o Thunder Hammer com o GM que havia comprado (a falha, posteriormente corrigida pela CipSoft, consistia em que cada update havia um respawn da arma na Behemoth Quest). GM Flattery acabou com a festa e deletou o depot inteiro do comprador dela.
No mesmo ano, houve uma convenção em Viena, Áustria, em que vários jogadores e até os donos do jogo foram prestigiar. Em consequência disso, Patryn, que havia organizado praticamente tudo, teve como um presente de obrigado dos criadores do Tibia o Khundahamar. Ainda no fatídico ano, no natal, o martelo abençoado pelos deuses foi repassado a Pytru.

"Pytru e Lightbringer - duas lendas vivas em Antica"
"Tibia Convention em Vienna 2002"
Em Eternia, Krin ganhou fama ao também receber um Thunder Hammer ao ser de grande ajuda reportando diversos bugs para a CipSoft.

A “Era Boss”

A partir do dia 26 de agosto de 2005, o destino do Thunder Hammer mudou: Orshabaal, um boss desconhecido até então, apareceu em Pacera. Porém, foi somente com a aparição em Elysia que um grande furor foi causado: Elahrion Avessar, um poderoso knight da época (hoje não existe mais), teve a surpresa de obter a arma como loot da criatura. “Gritei na RL quando vi o loot”, disse ele em uma entrevista ao promoted fansite TibiaBR.

Essa história se repetiu por muitas vezes até hoje, o que de certa forma gerou protesto por parte dos jogadores. “As pessoas simplesmente preferem derrotar um Demon Lord e torcer para que ele caia, do que gastar horar e horas tentando desvendar uma quest que nem se sabe se que está ativa” afirma Dher, colaborador do Portal Tibia e Tibiano-Historiador há 10 anos.

O primeiro brasileiro a conseguir a mística arma foi Shane Bull, que jogava em Shanera e atualmente é um mero personagem low level, devido ao fato de que foi hackeado há algum tempo atrás. Ele conseguiu obter o item em questão em 2006. “Nunca imaginei que iria blockar o Orshabaal”, diz.

É importante relembrar que Ghazbaran, Morgaroth e Ferumbras também são “culpados” pela grande quantidade do Thunder Hammer existente hoje em dia. Apesar de não ser possível realizar uma pesquisa confiável em relação a que mundos possuem a arma, uma coisa é certa: há, pelo menos, 30 amostras no Tibia. Talvez haja uma quest que também a dê como recompensa, apesar de que, levando em conta a personalidade dos atuais jogadores – a maioria despreza o RPG e preza pelo powergaming -, ela dificilmente será resolvida. Dentro de alguns anos, Khundahamar será apenas mais um item para os iniciantes, sem história alguma. Um triste fim para um club que possui uma grande história.
"Antiga casa de Lord'Paulistinha, hoje deletado: Thunder Hammer banalizada"
Apenas torço para que outros itens, com uma história tão bonita quanto está não acabe com o mesmo destino d’O Libertador.”, conclui Dher, resumindo o sentimento dos tibianos mais antigos.


Fonte: Portal Tibia

Autor da Matéria: (Admin) Getshock

O "Tibia Mistérios" é um site que procura resgatar o RPG do Tibia e ajudar a comunidade a desvendar os mistérios existentes no game.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentários: