Menu

_

clean-5

Wisata [Criaturas]

Budaya [Mistérios]

Kuliner

Kerajaan

» » Juggernauts

Se há uma força aparentemente imparável nas fileiras do tipo demônio, é o infame Juggernaut. Pensando que eles haviam sido extintos nas grandes guerras dos deuses, os recentes aparecimentos dos Juggernauts tem provado que os rumores estavam errados. Elevado das profundezas mais obscuras do inferno, onde somente os mais poderosos conseguem sobreviver, cerca de 90% da população dos Juggernaut é morto antes de atingir a idade adulta. Aqueles que não são cortados em pedaços por seus irmãos impiedosos ou outras criaturas, crescem, ficam enormes e viram assustadoras máquinas de matar. Os Juggernauts são conhecidos por serem capazes de cortar a cabeça de um dragão com um hit, enquanto lutam contra meia dúzia de outros dragões. A terra treme onde um Juggernaut passa, anunciando a entrada da desgraça. Aparentemente, sendo feito só de armaduras e músculos, o Juggernaut é incrivelmente poderoso e rápido, matando o primeiro oponente e correndo para o próximo, em um piscar de olhos. Servindo como exércitos de uma criatura, os Juggernauts são algumas das armas mais poderosas à disposição dos Demon Lords.


Os Juggernauts tem 20.000 pontos de vida.
Dão 14.000 pontos de experiência.
Eles não podem ser paralisados.
São fortes contra a terra, fogo, gelo e danos físicos.
Por outro lado, eles são fracos contra a energy e holy.
Essas criaturas não podem ser convocadas e nem convencidas.
Além disso, eles são capazes de detectar criaturas invisíveis.

Eles carregam assassin stars, concentrated demonic blood, demonic essence, gold coins, great health potions, great mana potions, ham, onyx arrows, platinum coins, red gems, small amethysts, small diamonds, small emeralds, small rubies, small topazes, soul orbs e as vezes, outros itens.

Autor da Matéria: (Admin) Getshock

O "Tibia Mistérios" é um site que procura resgatar o RPG do Tibia e ajudar a comunidade a desvendar os mistérios existentes no game.
«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentários: